Sindicato Dos Servidores Públicos Do Estado De São Paulo

(11) 3106-5098 / 3112-8455
R. Silveira Martins, 53 - Sé
Seg - Sex 09:00 às 17:00

Sispesp reforça luta em defesa dos aposentados e pensionistas

  • IMPRENSA
  • /
  • JAN 2021
  • /
  • 177

O Sispesp está integrado na luta em defesa dos aposentados e pensionistas. Por isso, reforça a campanha contra o Decreto 65.021 do governador João Doria, que aumenta em até 16% o desconto sobre aposentadorias e pensões. 
 
É inaceitável, que o governo jogue nas costas destes servidores, que tanto contribuíram para desenvolvimento do país, a conta da crise. Sem falar, que esses trabalhadores já pagaram por anos por sua aposentadoria. E hoje, em um momento de pandemia têm seus direitos atacados duramente por quem deveria valorizá-los e defende-los. 
 
Nesse sentido, defendemos a votação e aprovação do PDL 22/2020 (e demais apensados) que anula os efeitos do Decreto. Também convidamos a todos e toda a integrar essa campanha e ajudar a ampliá-la nas redes sociais. Divulgue em sua pagina n o facebook. Ajude-nos a denunciar essa situação!
 
Confira abaixo o texto da campanha e ajude a compartilhar!
 
O Brasil precisa conhecer quem é João Doria

O governador João Doria ultrapassou todos os limites invadindo a folha de pagamento dos servidores aposentados e pensionistas obrigando-os a pagar novamente pelas suas aposentadorias. O mais grave é que a maioria desses servidores possuem empréstimos consignados, doenças crônicas; outros ajudam na formação de filhos e netos. Sem falar que quando aposentam, perdem gratificações que compunham o salário, já defasado há anos.

Dória não perdoou nem aqueles portadores de doenças graves e incapacitantes, os quais têm garantia legal até da isenção do pagamento do imposto de renda.

João Doria determinou que quem recebesse acima de um salário mínimo voltaria a contribuir numa escala de 11 à 16%. Assim, os servidores aposentados e pensionistas do Estado de São Paulo, agora lutam desesperadamente para Revogar o Decreto 65021 de 19/06/2020.

 O detalhe é que o decreto foi adotado sem nenhuma comprovação de “déficit atuarial”, como previsto no mesmo Decreto.

A medida gerou indignação e alguns deputados somaram-se à luta dos aposentados e pensionistas, propondo projetos para sustar os efeitos do decreto. Estão tramitando na Assembleia Legislativa quatro projetos de decreto legislativo (PDL) com este objetivo:

- PDL 22/2020, do deputado Carlos Giannazi (PSOL)

 - PDL 23/2020 , da deputada Delegada Graciela (PL)

 - PDL 24/2020 , do deputado Campos Machado (PTB)

 - PDL 39/2020 , da deputada Professora Bebel (PT).

  - PDL 40/2020 , do deputado Danilo Balas (PSL)

Entretanto, até agora nenhum desses PDLs foram votados. E os descontos, continuam desde setembro. O desapontamento, a angústia, é crescente. Assim como o agravamento da saúde.Inadimplência. Necessidades básicas com moradia, alimentação,  medicamentos não contempladas.

 Os Servidores Aposentados e Pensionistas nada devem para a SPPREV. Ao contrário disso, eles são CREDORES da SPPREV pois, quando na ativa, PAGARAM PELAS SUAS APOSENTADORIAS.

Assim, em nome de todos os Servidores Públicos aposentados e Pensionistas, junte-se à essa causa, pedindo ao Senhor Governador JOÃO DORIA, que revogue esse Decreto cruel e injusto.

 

Atendimento

De Segunda à Sexta-Feira das 09:00 às 17:00h

Endereço:

R. Silveira Martins, 53 - Sé
Centro - São Paulo/SP - 01017-010

Telefone:

(11) 3106-5098
(11) 3112-8455

Fliado a:

SISPESP SISPESP

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba as últimas notícias e novidades!


Redes Sociais

Siga-nos se você quiser se manter atualizado sobre o que está acontecendo !!!
2019 © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por DIAPOIO