Sindicato Dos Servidores Públicos Do Estado De São Paulo

(11) 3106-5098 / 3112-8455
R. Silveira Martins, 53 - Sé
Seg - Sex 09:00 às 17:00

Sob a fumaça do voto impresso, Câmara reduz proteção trabalhista

  • IMPRENSA
  • /
  • AGO 2021
  • /
  • 48

A Câmara dos Deputados rejeitou terça-feira (10) a volta do voto impresso. Com isso, enterra um projeto que serviu apenas para desviar a atenção dos debates que realmente importam aos trabalhadores brasileiros: o direitos trabalhistas.

Pouco antes da PEC do Voto Impresso ser analisada, a Câmara aprovou (por 304 votos a 133) o texto-base de uma minireforma trabalhista, após um debate considerado atropelado pela oposição. Para se ter uma ideia, a última versão do texto foi apresentada no próprio plenário, pouco antes da votação, sem tempo para discussão.

A Medida Provisória 1045, editada pelo governo federal para reduzir jornadas e salários em meio à pandemia a fim de proteger empresas, ganhou emendas que cortam proteções trabalhistas, reduzem a renda dos trabalhadores, criam categorias de empregados de "segunda classe", pioram as condições de trabalho dos mais jovens e atrapalham a fiscalização da escravidão contemporânea, entre outras cacetadas.

Os deputados agora vão analisar destaques, pontos que podem ser suprimidos do texto aprovado, mas a expectativa é de que o grosso seja mantido uma vez que a oposição não conta com votos suficientes para aprová-los. O Senado Federal tem que analisar a matéria antes de 9 de setembro, quando a MP perde a validade.

Os "jabutis" inseridos na MP 1045 foram fortemente rechaçados pelas Centrais, Sindicatos, auditores fiscais do trabalho, magistrados e pelo Ministério Público do Trabalho, que defendem que pontos do relatório são inconstitucionais.

Em nota, as Centrais Sindicais  propõem que conteúdos das políticas de proteção e geração de empregos devem ser objeto de Projeto de Lei específico. “Devidamente analisado e debatido nas instâncias do Congresso Nacional, com ampla participação das representações dos trabalhadores, dos empregadores e do governo”, diz o documento.

Clique aqui e leia Nota das Centrais

Atendimento

De Segunda à Sexta-Feira das 09:00 às 17:00h

Endereço:

R. Silveira Martins, 53 - Sé
Centro - São Paulo/SP - 01017-010

Telefone:

(11) 3106-5098
(11) 3112-8455

Fliado a:

SISPESP SISPESP

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba as últimas notícias e novidades!


Redes Sociais

Siga-nos se você quiser se manter atualizado sobre o que está acontecendo !!!
2019 © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por DIAPOIO