Erro no Google
fb

Sindicato Dos Servidores Públicos Do Estado De São Paulo

Noticia

Haddad recebe Pauta do Funcionalismo e firma compromisso de negociar com servidores

  • IMPRENSA
  • /
  • AGO 2022
  • /
  • Noticias 77

Foi uma troca mútua o Encontro dos Servidores Públicos com o candidato ao Governo do SP Fernando Haddad, na noite da última quinta-feira, dia 25 de agosto, na Casa de Portugal. De um lado, trabalhadores de diversos segmentos do setor público apresentaram suas queixas, demandas e desafios; do outro o candidato manifestou sua disposição de mudança e em atender aos anseios dos servidores, tão atacados pelos governos estaduais.

“Aqui estão pessoas que têm compromisso com seu governo e a expectativa que SP terá a partir de janeiro um governo que olha para seus servidores e tem o compromisso de mudar os rumos do estado. São Paulo é capaz e grande parte dessa força está nos servidores que querem contribuir para fazer desse, o melhor governo”, destacou Lineu Mazano, presidente do Sispesp e da Fessp-Esp.

 

Em sua fala Haddad, destacou que tanto ele, como Márcio França, acompanham a desvalorização do serviço público em São Paulo e no Brasil. “É um projeto de desmonte do Estado. E quando se desmonta o Estado, desmonta o serviço público. O projeto neoliberal continua em curso no Brasil”, frisou.

O candidato se solidarizou com a situação dos servidores e lembrou faz parte do funcionalismo público desde 1997. “Você vai confiar em quem tirou tudo de você ou em quem dedicou a vida a dar bolsa de estudo, dar alimentação, serviço público de qualidade?”, questionou Haddad.

“Meu compromisso é de vida e não eleitoral. Onde quer que eu esteja eu vou defender mesma coisa, porque é minha maneira de ver o mundo. Para mim, o Estado tem que prover com serviço de qualidade e de maneira correta para que todo mundo tenha o mesmo serviço, não importa se é rico ou pobre”.

Coube a Lineu Mazano representar os servidores e entregar a Haddad o a pauta do Funcionalismo, documento construído coletivamente pelas entidades representativas dos trabalhadores. “Entregamos a Pauta Unificada dos Servidores na expectativa de será atendida pelo governo caso Fernando Haddad seja eleito. Os servidores paulistas vêm sofrendo ataques constantes, lutando por recomposição salarial que, no mínimo, cubra os crescentes prejuízos inflacionários. Como se não bastasse, o governador João Dória baixou um decreto que tira 12% dos servidores aposentados e pensionistas que ganham um salário mínimo e 14% dos que ganham três salários mínimos, reduzindo ainda mais o já precário poder de compra de cidadãos que necessitam de cuidados especiais com a saúde. Nossa proposta é factível, cabe no orçamento. O que precisamos é de boa vontade política em atendê-la”, afirmou Lineu Mazano.

No período da manhã, Haddad se reuniu no mesmo local com lideranças dos movimentos sociais e sindical, que entregaram a Pauta da Classe Trabalhadora.

A Fessp-esp e o Sispesp estiveram presentes no encontro que reuniu representantes de oito centrais (CSB, CTB, CUT, Força Sindical, Intersindical, Nova Central e UGT) e entidades de mulheres, negros, sem-terra, sem-teto, jovens e estudantes, entre outras. 

Diante do auditório lotado, Haddad prometeu, como ato inicial de governo, reajustar o piso estadual. “A nossa economia só vai funcionar aumentando o poder de compra do trabalhador. Não existe economia no mundo que funcione de outro jeito.”

O ex-ministro, que lidera pesquisas de intenção de voto no estado, pediu militância na rua até 2 de outubro. “Esta não é uma eleição qualquer. Não podemos nos dar o direito de descansar. É o futuro dos nossos filhos e netos que está em jogo. Pesquisas mudam”, alertou.

Ao seu lado, o candidato ao Senado, o ex-governador Márcio França (PSB), manifestou apoio às reivindicações apresentadas e pediu esforço extra nos 38 dias que faltam até a eleição para tentar vencer no primeiro turno, tanto em nível federal como estadual. “A eleição vai ser decidida por poucos votos. Esta é a eleição do mais um (voto). Cada um aqui abriu mão um pouco de suas ambições”, confessou.

Além do presidente Lineu Mazano, estiveram presentes a diretora de Assuntos da Mulher do Ssipesp, da Fessp-esp, da CSPB e da NCST-SP, Kátia Rodrigues; o tesoureiro Claudinei Benedito;  bem como funcionários do Sindicato.


 

 

Pesquisa

Realiza sua busca por algum assunto

Ultimas Notícias

Notícias Notícias Notícias Notícias Notícias
Atendimento
De Segunda à Sexta-Feira das 09:00 às 17:00h
Endereço:

R. Silveira Martins, 53 - Sé

Centro - São Paulo/SP - 01017-010

Telefone:

(11) 3106-5098

(11) 3112-8455

Fliado a:

imgnovacentralPP imgFederacaoPP

Newsletter

Assine a nossa newsletter e receba as últimas notícias e novidades!
2019 © Todos os direitos reservados. Desenvolvido por DIAPOIO
Menu App